Pixinguinha
Quem foi Pixinguinha, nome completo, nascimento e morte, composições, Música Popular Brasileira (MPB), biografia resumida

Pixinguinha 
Pixinguinha: um dos principais compositores brasileiros do século XX

 

Nome Completo 

Alfredo da Rocha Viana Filho

Quem foi

Pixinguinha foi compositor, arranjador, flautista e saxofonista brasileiro. É considerado um dos mais importantes compositores da MPB (Música Popular Brasileira).

Nascimento

Pixinguinha nasceu na cidade do Rio de Janeiro (RJ) em 23 de abril de 1897.

Morte

Pixinguinha morreu na cidade do Rio de Janeiro (RJ) em 17 de fevereiro de 1973.

Gêneros musicais

- Choro

- Maxixe

- Samba

- Valsa

Instrumentos que tocava

Saxofone e Flauta.

Principais composições 

A pombinha com Donga
A vida é um buraco
Aberlado
Abraçando Jacaré
Aguenta, seu Fulgêncio - em parceiria com Lourenço Lamartine
Ai, eu queria - com Vidraça
Ainda existe
Ainda me Recordo
Amigo do povo
Assim é que é
Cafezal em flor - com Eugênio Fonseca
Carinhos
Carinhoso com João de Barro
Carnavá tá aí com Josué de Barros
Casado na orgia com João da Baiana
Casamento do coronel Cristino
Céu do Brasil com Gomes Filho
Chorei
Chorinho no parque São Jorge - com Salgado Filho
Cochichando - com João de Barro e Alberto Ribeiro
Conversa de crioulo - com Donga e João de Baiana
Dança dos ursos
Dando topada
Desprezado
Displicente
Dominante
Dominó
Encantadora
Estou voltando
Eu sou gozado assim
Foi muamba  - em parceria com Índio
Gargalhada
Glória
Guiomar com Baiano
Harmonia das flores com Hermínio Bello de Carvalho
Iolanda
Isto não se faz - em parceria com Hermínio Bello de Carvalho
Jardim de Ilara - em parceria com C. M. Costal
Knock-out
Lamento
Lamentos - em parceria com Vinícius de Moraes
Lá-ré
Leonor
Levante, meu nego
Mais quinze dias
Mama, meu netinho - em parceria com Jararaca
Mamãe Isabé - em parceria com João da Baiana
Marreco quer água
Meu coração não te quer - em parceria com E. Almeida
Mi tristezas solo iloro
Mulata baiana - em parceria com Gastão Viana
Mulher boêmia
Mundo melhor - em parceria com Vinícius de Moraes
Não gostei dos teus olhos - em parceria com João da Baiana
Não posso mais
Naquele tempo
Nasci pra domador - em parceria com Valfrido Silva
No elevador
Número um
Os batutas - em parceria com Duque
Os cinco companheiros
Os home implica comigo - em parceria com Carmen Miranda
Onde foi Isabé
Oscarina
Paciente
Página de dor - em parceria com Índio
Papagaio sabido - em parceria com C. Araújo
Patrão, prenda seu gado - em parceria com Donga e João da Baiana
Pé de mulata
Poética
Pretensiosa
Promessa
Que querê - em parceria com Donga e João da Baiana
Quem foi que disse
Raiado - em parceria com Gastão Viana
Rancho abandonado - em parceria com Índio
Recordando
Rosa
Samba de nego
Samba do urubu
Samba fúnebre - em parceria com Vinícius de Moraes
Samba na areia
Seresteiro
Sofres porque queres
Solidão
Teu aniversário
Tristezas não pagam dívidas
Um a zero - em parceria com Benedito Lacerda
Um caso perdido
Vem cá! não vou!
Vi o pombo gemê em parceria com Donga e João da Baiana
Vou pra casa
Zé Barbino - em parceria com Jararaca
Proezas de Solon
Vou Vivendo

Conjuntos musicais que participou

- Choro Carioca
- Grupo do Caxangá
- Oito Batutas
- Orquestra Típica Pixinguinha-Donga
- Orquestra Victor Brasileira
- Grupo da Guarda Velha
- Orquestra Columbia de Pixinguinha
- Diabos do Céu
- Os Cinco Companheiros

Curiosidade

- É comemorado em 23 de abril o Dia Nacional do Choro. A data (nascimento de Pixinguinha) é uma homenagem a este grande representante da música brasileira.

- Outros apelidos de Pixinguinha: Pizinguim, Bexiguinha, Pexinguinha.

Página oficial

- Pixinguinha

 

________________________________________

Veja também:

MPB

________________________________________

Bibliografia indicada:

- Pixinguinha - o gênio e o tempo
  Autor: Diniz, Andre
  Editora: Casa da Palavra
  Temas: Biografia, Música



Acessar Quem Foi

Página Inicial / Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

 

 

 

Copyright © 2004 - 2012 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.