Padre Antônio Vieira
Quem foi Padre Antônio Vieira, nome completo, nascimento e morte, realizações, Barroco, Religião, frases, sermões

Padre Antônio Vieira 
Padre Antônio Vieira: um dos principais representantes do Barroco na Literatura Brasileira

 

Nome Completo 

Antônio Vieira

Quem foi

Padre Antônio Vieira foi um importante religioso, orador e escritor português do século XVII. Atuou, no Brasil, como missionário da Companhia de Jesus. É considerado um dos principais escritores e oradores sacros do barroco brasileiro.

Nascimento

Padre Antônio Vieira nasceu na cidade de Lisboa (Portugal) em 6 de fevereiro de 1608.

Morte

Padre Antônio Vieira morreu na cidade de Salvador (Bahia) em 18 de julho de 1697.

Principais realizações e atividades

- Foi professor de Retórica na cidade de Olinda.
- Atuou como missionário católico, defendendo a liberdade dos indígenas brasileiros.
- Escreveu importantes sermões, considerados importantes exemplos da literatura barroco brasileira.
- Foi Visitador-Geral da Província do Brasil.

Principais obras

- Sermão de Santo Antônio aos Peixes
- Sermão da Sexagésima
- Sermão da Quinta Dominga da Quaresma
- Sermão do Bom Ladrão
- Sermão do Mandato
- Sermão do Espírito Santo
- Sermão Pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal, contra as da Holanda
- Sermão de Nossa Senhora do Rosário

Frases

- "Sem Angola, não há negros e sem negros não há Pernambuco."
- "Ódio e Amor são os dois mais poderosos afetos da vontade humana."
- "Para falar ao vento bastam palavras;, mas para falar ao coração são necessárias obras."

 

________________________________________

Veja também:

Barroco

Jesuítas

________________________________________

Bibliografia indicada:

- Padre Antônio Vieira
  Autor: Bulcao, Clovis
  Editora: José Olympio
  Temas: Biografia, Literatura

 

Acessar Quem Foi

Página Inicial / Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

 

 

 

Copyright © 2004 - 2012 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.