José Lins do Rego

Biografia de José Lins do Rego, obras, foto, livros mais importantes, Fogo Morto, Menino de Engenho, Doidinho, literatura brasileira, romances, crônicas, jornalismo, membro da Academia Brasileira de Letras, principais trabalhos


Foto do jornalista, cronista e romancista José Lins do Rego
Foto do jornalista, cronista e romancista José Lins do Rego

 

Quem foi 


José Lins do Rego Cavalcanti nasceu em 1901, no Estado da Paraíba, e morreu em 1957 na cidade do Rio de Janeiro.



Viveu a maior parte de sua vida em Recife, cidade onde se formou em Direito. A partir de 1936, passou a viver na cidade do Rio de Janeiro.



O dia a dia e os costumes tanto de Pernambuco quanto do Rio de Janeiro eram evidentes em suas obras literárias.



Ele deu início ao conhecido Ciclo da Cana-de-Açúcar com a obra: Menino de Engenho. Além deste livro, este notável escritor escreveu outros livros, como: Doidinho, Banguê, O Moleque Ricardo e Usina. Este último possui narrativa descritiva do meio de vida nos engenhos e nas plantações decana-de-açúcar do Nordeste.  



Em sua segunda fase, José Lins do Rego escreveu romances que tinham como tema a vida rural. Deste período, fazem parte as seguintes obras: Pureza, Pedra Bonita, Riacho Doce e Agua Mãe.   



No ano de 1943 publicou o livro Fogo Morto, considerado a sua obra-prima; posteriormente escreveu Euridice, Cangaceiros, alguns ensaios, crônicas e outras obras. 



Este notável escritor foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras e teve suas obras traduzidas para diferentes idiomas, entre eles, o russo. Antes de morrer, escreveu um livro de memórias chamado: Meus Verdes Anos.

 

Principais obras de José Lins do Rego


- Menino de engenho (1932) 
- Doidinho (1933) 
- Bangüê (1934) 
- O Moleque Ricardo (1935) 
- Usina (1936) 
- Pureza (1937) 
- Pedra bonita (1938) 
- Riacho doce (1939) 
- Fogo morto (1943) 
- Eurídice (1947) 
- Cangaceiros (1953) 
- Gordos e magros (1942) 
- Poesia e vida (1945) 
- Homens, seres e coisas (1952) 
- A casa e o homem (1954) 
- Meus verdes anos (1956) 
- O vulcão e a fonte (1958) 
- Dias idos e vividos (1981)




Impressão Google+


José Lins do Rego Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- José Lins do Rego - Literatura Comentada
  Autor: Abril Educação
  Editora: Abril
  Temas: Crítica Literária


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2015 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.