invasão holandesa - sua pesquisa

Invasão Holandesa no Brasil
Invasão e conquista holandesa no Brasil, causas, conflitos e revoltas, o governo de Nassau, expulsão dos holandeses

Nassau
Maurício de Nassau: governador holandês no Nordeste Brasileiro

 

Invasão holandesa no Brasil, conquista e administração

A invasão holandesa fez parte do projeto da Holanda (Países Baixos) em ocupar e administrar o Nordeste Brasileiro através da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais. 

Após a União Ibérica (domínio da Espanha em Portugal entre os anos de 1580 e 1640), a Holanda resolveu enviar suas expedições militares para conquistarem a região nordeste brasileira. O objetivo holandês era restabelecer o comércio do açúcar entre o Brasil e Holanda, proibido pela Espanha após a União Ibérica.

A primeira expedição invasora ocorreu em 1624 contra Salvador (capital do Brasil na época). Comandados por Jacob Willekens, mais de 1500 homens conquistaram Salvador e estabeleceram um governo na capital brasileira. Os holandes foram expulsos no ano seguinte quando chegaram reforços da Espanha.

Em 1630, houve uma segunda expedição militar holandesa, desta vez contra a cidade de Olinda (Pernambuco). Após uma resistência luso-brasileira, os holandeses dominaram a região, estabeleceram um governo e retomaram o comércio de açúcar com a região nordestina brasileira.

Em 1637, a Holanda enviou o conde Maurício de Nassau para administrar as terras conquistadas e estabelecer uma colônia holandesa no Brasil. até 1654, os holandeses dominaram grande parte do território nordestino.

Expulsão dos holandeses

O período de domíno não foi tranquilo para os holandeses. Muitas revoltas aconteceram, principalmente devido aos altos impostos cobrados pelos holandeses. Após muitos movimentos de resistências e revoltas, Nassau deixou seu cargo no ano de 1644. Com a saída de Nassau, os portugueses perceberam que era o momento de reconquistar o nordeste brasileiro. Tiveram vitórias contra os holandeses nas batalhas de Monte das Tabocas e na de Guararapes.  

Em 1654, após muitos guerras e conflitos, finalmente os colonos portugueses (apoiados por militares de Portugal e Inglaterra) conseguiram expulsar definitivamente os holandeses do território brasileiro e retomar o controle do Nordeste Brasileiro.

Principais aspectos da administração de Nassau no Nordeste do Brasil:

- Estabeleceu relações amigáveis entre holandeses e senhores de engenho brasileiros;

- Incentivou, através de empréstimos, a reestruturação dos engenhos de açúcar do Nordeste;

- Introduziu inovações com relação à fabricação de açúcar;

- Favoreceu um clima de tolerância e libertade religiosa;

- Modernizou a cidade de Recife, construíndo diques, canais, palácios, pontes e jardins. 

- Estabeleceu e organizou os sistemas de coleta de lixo e os serviços de bombeiros em Recife.

- Determinou a construção em Recife de um observatório astronômico, um Jardim Botânico, um museu natural e um zoológico.

 

 

___________________________________________

Veja também:

Invasões estrangeiras no Brasil

Maurício de Nassau

___________________________________________

Bibliografia indicada:

- Os holandeses no Brasil (1624 - 1654)
  Autor: Boxer, Charles R.
  Editora: Companhia Editora Nacional
  Temas: História do Brasil Colonial

- A Invasão Holandesa da Bahia
  Autor: Vieira, Padre Antônio
  Editora: Progresso
  Temas: História do Brasil


Acessar História do Brasil

Página Inicial | Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

 

 

 

Copyright © 2004 - 2012 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.