pombo pomba - pássaro

Pombo
Conheça o pombo, foto, aves, informações sobre este pássaro, pombo correio, classificação, comportamento, reprodução e alimentação

foto pombo pomba
Pombo: presença nas grandes cidades

 

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA: 

Reino: Animalia 
Filo: Chordata 
Classe: Aves 
Ordem: Columbiformes 
Família: Columbidae 
Família: Columbinae 
Género: Columba 
Espécie: C. livia 


INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Os filhotes de pombas, após o nascimento, permanecem cerca de um mês no ninho

O bico dos pombos são finos, curtos e vermelhos

São pássaros resistentes e podem voar centenas de quilômetros. O pombo-correio pode ser domesticado para levar correspondências a quilômetros de distância

Durante um ano, uma fêmea costuma ter seis ninhadas (com dois ovos brancos) aproximadamente

Costumam se alimentar de grãos como, por exemplo, milho, trigo, cevada e aveia. Os pombos urbanos, alimentam-se também de restos de alimentos que são jogados nas ruas (farelo de pão, feijão, arroz etc).

A fêmea costuma alimentar os filhotes com um líquido que ela produz na região da mandíbula

O ninho costuma ser feito nos galhos de árvores. A macho ajuda a fêmea no processo de incubação dos ovos

O pombo doméstico é originário da África e Ásia. Chegou ao Brasil no período inicial da colonização (séculos XVI)

Os pombos urbanos doentes podem transmitir para o homem, através de suas fezes, várias doenças como, por exemplo: Criptococose, Salmonelose, Histoplasmose e Ornitose.

 

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:

Comprimento: aproximadamente 35 cm
Período de incubação: 17 dias
Cores mais comuns: branco e cinza
Tempo de vida: em média 8 anos.

 

____________________________________________

Veja também:

Urubu

____________________________________________

Bibliografia indicada:

- Pombos - criação e manejo
  Autor: Fabichak, Irineu
  Editora: Nobel
  Temas: Animais, Zoologia, Avicultura, Biologia

 

Acessar Mundo Animal

Página Inicial | Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

 

 

Copyright © 2004  - 2012 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.