logo sua pesquisa

Período Helenístico 
Filosofia, resumo, principais filósofos, arte, características, filosofia, história , literatura helenística, contexto histórico, Grécia Antiga

período helenístico 
Laocoonte e seus filhos: uma das principais obras do Período Helenístico

 

O que foi

É o período da história da Grécia Antiga e parte do Oriente Médio que vai de 336 a.C. (do início do reinado de Alexandre, o Grande da Macedônia) até 30 a.C. (anexação do Egito, último reino helenístico, por Roma).

Contexto histórico

Alexandre, o Grande deu continuidade à politica de expansão territorial de seu pai Felipe II. O Império Macedônico no período de Alexandre atingiu seu ponto máximo de conquistas territoriais. Abrangeu a Grécia, nordeste da África, Mesopotâmia, Anatólia até o rio Indo (na Índia). Portanto, gregos, persas, assírios e hindus foram conquistas pelos macedônicos.

Alexandre, o Grande, foi criado dentro da cultura grega, pois havia sido educado por Aristóteles, um dos principais filósofos da Grécia Antiga. Ele também teve contato também com a cultura oriental dos diversos povos que faziam parte do Império Macedônico.

Durante seu reinado, Alexandre deu início de difusão da cultura helenística que nada mais era do que uma mistura de valores e aspectos culturais gregos e orientais pelos quatro cantos do Império Macedônico.  Esta fusão de aspectos culturais gregos e orientais é conhecida como Helenismo.

Com a morte de Alexandre em 323 a.C. teve início o esfacelamento do Império Macedônico. O território foi fragmentado entre generais, enfraquecendo o poder. Aproveitando do enfraquecimento político-administrativo do que restava, Roma conquistou o Império Macedônico no século I a.C.

Características principais deste período:

Nas Artes Plásticas e Arquitetura

As influências artísticas da cultura grega espalharam-se por todo Império Macedônico, influenciando artistas. O realismo e a temática voltada para o dramático foram as principais características deste período.

Principais obras: Vitória de Samotrácia (escultura); Laocoonte e seus filhos (escultura em mármore); Altar de Pérgamo (estrutura arquitetônica dedicada a Zeus); Vênus de Milo (estátua de mármore).

Na Filosofia

Houve três importantes escolas filosóficas neste período:

- Estoicismo: ética naturalista , visão unificada do mundo e lógica formal. Principais filósofos:  Zenão de Cítio, Cleanto, Panécio de Rodes, Sêneca e Epicteto.

- Epicurismo: busca da felicidade e da tranquilidade através do conhecimento do mundo (dos desejos, da morte, dos medos e dos deuses) e da moderação dos prazeres. Principal filósofo: Epicuro.

- Ceticismo: a dúvida sobre as coisas do mundo é um dos principais preceitos do ceticismo. Principais filósofos: Pirro de Élis, Arcesilau e Carnéades.

Na Literatura

Infelizmente, grande parte das obras deste período foi perdida. Mas podemos destacar alguns escritores helenísticos como, por exemplo:

- Calímaco: mitógrafo, poeta e bibliotecário grego, escreveu poemas épicos, hinos e epigramas.

- Teócrito: a simplicidade foi uma das principais características de seus poemas épicos e bucólicos.

Você sabia?

O termo helenismo foi usado pela primeira vez em meados do século XIX pelo historiador alemão Johann Gustav Droysen.

 

 

 

 

______________________________________

Veja também:

Grécia Antiga 

Cultura Grega 

Helenismo 

Alexandre, o Grande

______________________________________

Bibliografia indicada:

- Período Helenístico - Estoicismo, Ceticismo e Epicurismo (audiolivro)
  Autor: Matheus, Carlos Eduardo
  Editora: Universidade Falada
  Temas: História Geral, Grécia Antiga

 

 

Acessar História

Página Inicial | Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

 

 

 

 

Copyright © 2004 - 2013 Sua Pesquisa. Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.