logo sua pesquisa

PIB do Brasil em 2013
O Produto Interno Bruto do Brasil nos 1º, 2º, 3º e 4ºtrimestres de 2013, crescimento do PIB, causas, desempenho dos setores, comparação anual

PIB do Brasil em 2013 (resultado final anual)

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 27 de fevereiro de 2014, o PIB do Brasil apresentou crescimento de 2,3% em 2013. Em valores correntes o PIB brasileiro atingiu R$ 4,84 trilhões (US$ 2,07 trilhões). Estes dados são positivos, pois ficou bem acima do crescimento de 1% apresentado em 2012. Foi o terceiro maior crescimento mundial de 2013, ficando atrás apenas de China (7,7%) e Coreia do Sul (2,8%) (com relação a dados apresentados até 27/02/2014).

O grande destaque da economia brasileira em 2013 foi novamente o setor agropecuário com crescimento de 7% (maior crescimento desde 1996). Já o setor de serviços cresceu 2%. O setor industrial também apresentou crescimento, embora tímido, ficando em 1,3%. Os investimentos (formação bruta  de capital fixo) apresentou alta significativa de 6,3%.  Já o consumo das famílias apresentou crescimento de 2,3%. Os gastos do governo subiram 1,9% em 2013.

Com relação à balança comercial, as exportações brasileiras apresentaram crescimento de 2,5%. As importações cresceram 8,4%.

Com o crescimento do PIB houve também aumento na renda per capita do Brasil que chegou a R$ 24.065.

Comparação com o PIB de outros países (ano base 2013)

- Brasil: 2,3%

- China: 7,7%

- Coreia do Sul: 2,8%

- Estados Unidos: 1,9%

- Japão: 1,6%

- Reino Unido: 1,9%

- Alemanha: 0,4%

- Zona do Euro: -0,4%

- México: 1,1%

RESULTADOS TRIMESTRAIS DO ANO DE 2013

PIB do Brasil no 1º trimestre 2013 (em relação ao 4º trimestre de 2012)

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 29 de maio de 2013, o PIB brasileiro no 1º trimestre de 2013 cresceu 0,6% em relação ao trimestre anterior. Foi um fraco crescimento econômico, porém acima do 0,1% do 1º trimestre de 2012. Em valores correntes, o PIB brasileiro atingiu R$ 1,110 trilhão (US$ 541 bilhões - cotação de 29/05/13). No acumulado dos últimos quatro trimestres o PIB subiu 1,2%.

O setor da economia brasileira que mais cresceu foi o de agropecuária, com alta de 9,7%. A indústria apresentou uma queda de 0,3%, enquanto o setor de serviços apresentou desaquecimento, crescendo apenas 0,5%.

Mesmo com as várias medidas de estímulos adotas pelo governo ao longo de 2012 e início de 2013, o PIB brasileiro apresentou um crescimento fraco, ficando abaixo da expectativa do Banco Central que era de crescimento de 1,05% (em relação ao 4º trimestre de 2012).

Outros dados apresentados pelo IBGE relativos ao PIB do 1º trimestre de 2013: importações de bens e serviços (crescimento de 6,3%), Investimentos (crescimento de 4,6%), consumo das famílias (crescimento de 0,1%), consumo do governo (0%) e exportações de bens e serviços (queda de 6,4%).

PIB (1º trimestre de 2013) em valores correntes:

- PIB: R$ 1,110 trilhão
- Agropecuária: R$ 59,7 bilhões
- Indústria: R$ 230,2 bilhões
- Serviços: R$ 650,5 bilhões
- Investimentos (FBCF): R$ 204,9 bilhões
- Consumo das famílias: 722,9 bilhões
- Consumo do governo: 212,9 bilhões

Variação do PIB com relação ao 1º trimestre de 2012

- Crescimento do PIB: +1,9%

- Setor agropecuário: + 17%

- Setor industrial: -1,4%

- Setor de serviços: +1,9%

Principais fatores que causaram o fraco crescimento do PIB no primeiro trimestre de 2013:

- Crise econômica na Europa;

- Desaquecimento, embora moderado, da economia chinesa;

- Queda no consumo interno (principalmente das famílias), provocado principalmente pelo aumento do endividamento das famílias;

- Queda no setor industrial (-0,3%);

- Déficit da balança comercial. No 1º trimestre de 2013 o déficit foi de US$ 5,1 bilhões. As exportações caíram 6%  no 1º trimestre deste ano.

- O crescimento fraco do setor de serviços: apenas 0,5%.

Variação do PIB dos países no 1º trimestre de 2013 em relação ao trimestre anterior (comparativo)

- China: 1,6%
- Indonésia: 1,41%
- Coreia do Sul: 0,9%
- Japão: 0,9%
- Brasil: 0,6%
- Estados Unidos: 0,6%
- Chile: 0,5%
- México: 0,5%
- Reino Unido: 0,3%
- Alemanha: 0,1%
- França: -0,2%
- Portugal: -0,3
- Espanha: -0,5%
- Itália: -0,5%

PIB do Brasil no 2º trimestre 2013 (em relação ao 1º trimestre de 2013)

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 30 de agosto, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 1,8% (em comparação ao trimestre anterior - já revisado pelo IBGE) no segundo trimestre de 2013, indicando retomada do crescimento econômico no país. Se a comparação for com o segundo trimestre de 2012, o PIB aponta um crescimento de 3%.

Em valores correntes, o PIB brasileiro somou R$ 1,2 trilhão neste período.

Por setor os números são os seguintes (em relação ao trimestre anterior):

- Agropecuária: 3,9%

- Indústria: 2%

- Serviços: 0,8%

- Consumo das famílias: 0,3%

- Consumo do governo: 0,5%

- Formação bruta de capital fixo: 3,6%

 

PIB do Brasil no 3º trimestre 2013 (em relação ao 2º trimestre de 2013)

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 03 de dezembro, o PIB brasileiro apresentou contração de 0,5% (em comparação ao período de abril a junho) no terceiro trimestre de 2013, indicando retração no crescimento econômico. O setor agropecuário foi o principal responsável pelo desempenho negativo do PIB, pois apresentou recuo de 3,5%.

Se a comparação for com o terceiro trimestre de 2012, o PIB aponta uma expansão de 2,2%.

Em valores correntes, o PIB brasileiro somou R$ 1,21 trilhão neste período.

Por setor os números são os seguintes (em relação ao trimestre anterior):

- Agropecuária: -3,5%

- Indústria: 0,1%

- Serviços: 0,1%

- Consumo das famílias: 1%

- Consumo do governo: 1,2%

- Formação bruta de capital fixo: -2,2%

- Exportações: -1,4%

- Importações de bens e serviços: -0,1%

 

PIB do Brasil no 4º trimestre 2013 (em relação ao 3º trimestre de 2013)

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 27 de fevereiro de 2014, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 0,7% (em comparação ao período de julho a setembro) no quarto trimestre de 2013, indicando pequena recuperação econômica. O setor de serviços foi o que apresentou melhor desempenho neste trimestre com alta de 0,7%.

Se a comparação for com o quarto trimestre de 2012, o PIB do 4º trimestre de 2013 aponta uma expansão de 1,9%.

Por setor os números são os seguintes (em relação ao trimestre anterior):

- Agropecuária: 0%

- Indústria: -0,2%

- Serviços: 0,7%

- Consumo das famílias: 0,7%

- Consumo do governo: 0,8%

- Investimentos: 0,3%

- Exportações: 4,1%

- Importações de bens e serviços: -0,1%

 

Perspectivas para o PIB de 2014

Para o ano de 2014 as perspectivas são boas, levando em conta o cenário econômico internacional. Grande parte dos economistas projeta um crescimento do PIB de 2,5% a 3,5%, puxado pela retomada do setor industrial, aumento dos investimentos e pelo crescimento significativo da safra agrícola (principalmente de grãos).

Variação trimestral do PIB brasileiro:

- 3º trimestre de 2011: -0,2%
- 4º trimestre de 2011: 0,1%
- 1º trimestre de 2012: 0,1%
- 2º trimestre de 2012: 0,3%
- 3º trimestre de 2012: 0,3%
- 4º trimestre de 2012: 0,6%
- 1º trimestre de 2013: 0,6%
- 2º trimestre de 2013: 1,8%
- 3º trimestre de 2013: -0,5%
- 4º trimestre de 2013: 0,7%

 

 

 

__________________________________________

Veja também:

Economia brasileira
PIB do Brasil em 2012
PIB do Brasil em 2011
O que é PIB
Maiores PIBs do mundo
___________________________________________

 


Acessar Economia

Página Inicial | Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

Copyright © 2004 - 2013 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.