Esquistossomose

Informações sobre o ciclo da esquistossomose, trematódeos, doença parasitária, os sintomas da doença, o desenvolvimento dos parasitas, os vermes shistosoma, desenvolvimento nos moluscos


Ovo do Shistosoma Mansoni: parasita causador da forma intestinal da Esquistossomose
Ovo do Shistosoma Mansoni: parasita causador da forma intestinal da Esquistossomose

 

O que é 

 

A esquistossomose é uma moléstia causada por parasitas humanos. Estes são os trematódeos, do gênero Schistosoma.  Há três tipos de vermes: Schistosoma haematobium, causador da esquistossomose vesical, existente na África, Austrália, Ásia e Sul da Europa; o Schistosoma japonicum (causador da doença de katayama) encontrado na China, Japão, Filipinas e Formosa e, ainda, o Schistosoma mansoni, responsável pela causa da esquistossomose intestinal; este último é encontrado na América Central, Índia, Antilhas e Brasil.

 

Ciclo de evolução 

 

O ciclo de evolução deste parasita passa por duas diferentes fases: a primeira é a do desenvolvimento da larva após esta penetrar em alguns tipos de moluscos que vivem em lugares úmidos; a segunda ocorre após o abandono desses hospedeiros, que, livres podem penetrar no homem através de sua pele. Esta penetração ocorre em lugares úmidos, como, por exemplo, córregos, lagoas, etc.  

 

Quando o parasita passa a habitar no interior do hospedeiro definitivo, ele pode se fixar no fígado, na vesícula, no intestino ou bexiga do homem, causando, desta forma, vários danos.  

 

Sintomas 

 

Os sintomas que ocorrem com maior freqüência são: diarréia, cólicas, febres, dores de cabeça, náuseas e tonturas, sonolência, emagrecimento, endurecimento e o aumento de volume do fígado e hemorragias que causam vômitos negros e fezes negras. Ao aparecerem estes sintomas, a pessoa deve procurar imediatamente um médico para que todos os procedimentos sejam tomados. Assim como em qualquer outra doença, a auto-medicação não deve ser adotada.  

 

A doença nas crianças 

 

As crianças são as mais acessíveis a este parasita, uma vez que estão mais vulneráveis por serem capazes de brincar em locais úmidos sem imaginar que lá pode estar estes parasitas a espera de um hospedeiro. Já os adultos geralmente se protegem com o uso de botas e repelentes.

 

 

IMPORTANTE: as informações contidas nesta página servem apenas como fonte para pesquisas e trabalhos escolares. Portanto, não devem ser utilizadas para fins de orientação médica. Para tanto, procure um  médico para receber orientações e o devido tratamento.




Impressão Google+


Esquistossomose Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

 Esquistossomose Mansônica

  Autor: Cordeiro, Fernando, T. M.

  Editora: UFPE

  Temas: Medicina, Saúde, Doenças

 

- Schistosoma Mansoni

  Autor: Carvalho, Omar dos Santos

  Editora: Fiocruz

  Temas: Saúde, Medicina

 


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2015 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.