Biomas Aquáticos

O que são, categorias, biomas aquáticos e de água doce oceanos, resumo, características , biodiversidade


Biomas aquáticos: rica biodiversidade
Biomas aquáticos: rica biodiversidade

 

O que são biomas aquáticos

 

Os biomas aquáticos são formados por comunidades de seres vivos que vivem em água doce (rios, lagos, riachos, etc.) ou salgada (oceanos e mares) de forma adaptada às condições ecológicas do local.

 

Os principais biomas aquáticos são: rios, lagos, mares e oceanos.

 

Principais tipos de seres vivos que habitam os biomas aquáticos:

 

Plânctons

 

São seres microscópicos que habitam a superfície da água. O fitoplâncton marinho como, por exemplo as algas, são clorofilados e importantes produtores de oxigênio para nossa atmosfera. Existe também o zooplâncton (protozoários e pequenos animais aquáticos), que se alimentam de substâncias orgânicas produzidas por outros animais.

 

Bentos

 

São seres vivos que vivem próximos ou grudados ao substrato marinho. Os corais, por exemplos, vivem de forma fixa. Já os caranguejos, vermes marinhos e alguns moluscos vivem próximos ao substrato, porém se movimentam.

 

Nécton

 

São os animais que se locomovem livremente pela coluna de água dos mares e oceanos. Usam suas barbatanas ou outros apêndices. Exemplos: peixes, mamíferos marinhos, várias espécies de crustáceos.

 

 

Biomas de água salgada: Oceanos

 

Como cerca de ¾ da superfície do planeta Terra é coberta por oceanos, este é o maior ecossistema do nosso planeta. Milhares de espécies de seres vivos marinhos vivem nestes oceanos.

 

De acordo com a incidência de luz nas águas dos oceanos, podemos classifica-las em duas zonas:

 

- Zona Fótica: vai até 180 metros de profundidade, aproximadamente. É a zona que recebe a luz solar e, portanto, é habitada por seres que necessitam desta luz para sobreviverem. Grande parte dos peixes e mamíferos marinhos vive nesta zona oceânica.

 

- Zona Afótica: são as águas que ficam abaixo da zona fótica, portanto é uma área cujas águas não recebem luz solar. A pressão em águas desta zona também é grande, pois vai aumentando de acordo com a profundidade. A ausência de luz solar e a pressão dificulta a sobrevivência de muitas espécies. Portanto, na zona afótica vivem apenas bactérias, vermes e algumas espécies de peixes, crustáceos e moluscos.

 

 

Biomas de água doce: rios, lagoas e lagos

 

A presença de luz solar e também da boa quantidade de oxigênio são favoráveis para a manutenção da vida de várias espécies de peixes e anfíbios.

 

Principais animais de água doce (aquáticos e semiaquáticos): peixes de água doce, tartarugas, golfinho de água doce, ariranha, lontra, capivara, jacarés e crocodilos.

 

Problema atual

 

Infelizmente, com o crescimento desordenado das grandes cidades nas últimas décadas, tem aumentando muito a poluição das águas de rios e lagos no Brasil. Este grave problema ambiental tem prejudicado a vida de várias espécies de animais que habitam biomas de água doce. 




Impressão Google+


Biomas Aquáticos Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- Biomas brasileiros - retratos de um país plural

  Autor: Scarano, Fábio Rúbio 

  Editora: Casa da Palavra

  Temas: Meio Ambiente, Ecologia, Ciências Biológicas

 


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2015 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.