Gustave Flaubert

Biografia resumida de Júlio Verne, obras, estilo literário, literatura francesa, frases, realismo


Gustave Flaubert: um dos principais representantes do Realismo
Gustave Flaubert: um dos principais representantes do Realismo

 

Quem foi

 

Gustave Flaubert foi um importante escritor francês do século XIX. Nasceu na cidade de Rouen (França) em 12 de dezembro de 1821 e faleceu em Croisset (França) em 8 de maio de 1880.

 

É considerado um dos principais representantes do Realismo. Destacou-se por seus romances e contos. Sua principal obra foi o romance “Madame Bovary” de 1857.

 

 

Biografia resumida

 

- Nasceu numa família de classe média de antepassados católicos e protestantes.

 

- Demonstrou interesse por literatura e teatro desde os estudos no Colégio Real, durante sua juventude.

 

 - Seguindo o desejo do pai foi estudar Direito na Universidade de Paris. Sem interesse pela área, começa a levar uma vida boêmia.

 

- Com crises nervosas e alucinações, seu pai coloca para passar um tempo em recuperação num sitio de Croisset.

 

- Fez uma viagem ao oriente entre os anos de 1849 e 1852. Conheceu Jerusalém, Egito e Constantinopla.

 

- Em 1851 começou a escrever “Madame Bovary”, terminado somente em 1857, tornou-se sua grande obra literária. A obra causou um escândalo na sociedade europeia da época, em função da forma realista que abordou temas como adultério e suicídio.

 

- Em 1866 recebeu do governo francês a Ordem Nacional da Legião de Honra.

 

- Passou por dificuldades financeiras no final da vida. Morreu, provavelmente de Acidente Vascular Cerebral, em 8 de maio de 1880.

 

 

Estilo Literário

 

- Análise psicológica dos personagens;

 

- Abordagem de temas relacionados ao comportamento social;

 

- Construção de histórias com extremo realismo;

 

- Perfeccionista, demorava em média 5 anos para escrever um romance, pois dizia que precisava sempre utilizar “a palavra certa”.

 

 

Principais obras

 

Romances:

 

- Novembro - 1842

 

- Madame Bovary – 1857

 

- Salambô – 1862

 

- Educação sentimental – 1869

 

- As tentações de Santo Antão – 1874

 

Contos:

 

- Três contos – 1877

 

Não Ficção:

 

- Dicionário das Ideias feitas – 1911 (obra póstuma)

 

Teatro

 

- O Castelo de corações - 1880

 

Frases

 

- “A culpa é da fatalidade.”

 

- “Tenha cuidado com a tristeza. É um vício.”

 

- "O estilo está nas palavras e dentro delas. É igualmente a alma e a carne de uma obra."

 

- Seja metódico e organizado em sua vida como um burguês, para poder ser violento e original em sua obra.”




Impressão Google+


Gustave Flaubert Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- Gustave Flaubert

  Autor: James, Henry

  Editora: 7 letras

  Temas: Literatura Estrangeira, Teoria Literária, Crítica Literária

 

- Gustave Flaubert

  Autor: Maupassant, Guy de

  Editora: Pontes

  Temas: Teoria e crítica literária

 


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.